Escolha uma Página

Escritório Damalion Brasil

Fazendo negócios no Brasil

A maioria dos investidores estrangeiros pensando em expandir seu alcance e abrir um negócio na América do Sul escolhem o Brasil em vez de outros países. O Brasil é visto como um país promissor para o crescimento econômico devido a várias razões.

O Brasil é a sétima maior economia do mundo por produto interno bruto em paridade de poder de compra. O país ocupa o 84º lugar em termos de rendimento per capita, registado em 14.550 dólares em 2020. A partir de 2020, a população estimada do Brasil é de 212,6 milhões. O país é membro do bloco comercial do Mercosul e permanece como a maior economia da América do Sul, contribuindo com cerca de 50% do PIB sul-americano.

Ao fazer negócios no Brasil, é imperativo acumular um conhecimento profundo das paisagens jurídicas, econômicas e financeiras locais. Embora o país tenha uma enorme base de consumidores e esteja lentamente se tornando o paraíso de muitas empresas de tecnologia nos últimos anos, é também um dos países mais desafiadores para estabelecer uma empresa entre os investidores estrangeiros. Apesar disso, o Brasil continua sendo uma nação altamente competitiva onde os investimentos podem crescer exponencialmente ao longo do tempo.

Aqui está uma lista de considerações ao fazer negócios no Brasil:

  • Recursos naturais abundantes
  • Reservas externas substanciais
  • Grande população de classe média
  • O setor doméstico de serviços do Brasil representa 72% do PIB, o setor industrial 22,7%, e a produção agrícola 5,2%.
  • Classificado em 124º lugar de acordo com o World’s Bank’s Ease of Doing Business Index em 2020.
  • Com base no Relatório de Competitividade Global, o Brasil tinha um índice competitivo de 60,9 em 2019.

As Principais Vantagens de Fazer Negócios no Brasil

  • O estabelecimento de uma presença no Brasil proporciona aos investidores estrangeiros e às pessoas jurídicas estrangeiras fácil acesso a outros países da região sul-americana.
  • Os investidores estrangeiros que fazem negócios no Brasil podem tirar proveito de acordos comerciais estratégicos com outros países.
  • Empresas de propriedade de investidores estrangeiros mas incorporadas no Brasil têm acesso direto a países como Paraguai, Argentina e Uruguai e outros estados membros envolvidos no acordo multilateral do MERCOSULI.
  • O Brasil também é membro do BRICS, um grupo comercial feito de países emergentes, incluindo Rússia, Índia, China e África do Sul. As empresas instaladas no Brasil podem se beneficiar de oportunidades comerciais e comerciais para os mercados de outros membros.
  • O Brasil é um país vasto e rico em recursos naturais, tornando-o o lugar perfeito para estabelecer a produção agrícola e empreendimentos comerciais relacionados.
SISTEMA JURÍDICO

O Brasil dirige uma república federativa e presidencialista. O governo é categorizado como secular e chefiado pelo Presidente. O governo não é, de forma alguma, influenciado por nenhuma organização religiosa. A Constituição do país estabelece claramente a separação de poderes entre os seus três ramos, nomeadamente executivo, judicial e legislativo.

O país segue um sistema de direito civil inspirado na tradição romano-germânica. As leis escritas são um elemento crucial do seu quadro legal que prevalece sobre os costumes e a jurisprudência existentes em termos

O Brasil adota um sistema de direito civil, baseado na tradição romano-germânica. Embora o costume e a jurisprudência façam parte do quadro legal, o direito escrito prevalece sobre eles de um ponto de vista interpretativo. A lei federal prevê que um juiz só pode recorrer à analogia, aos costumes e aos princípios gerais do direito se a lei for omissa sobre um assunto. As partes da arbitragem podem escolher livremente o conjunto de leis e normas que regem a resolução de uma disputa, incluindo os princípios gerais do direito comercial internacional.

O Brasil é uma república federativa e presidencialista. O governo é secular e é chefiado pelo Presidente. O governo é independente de qualquer grupo ou organização religiosa.

As leis são criadas a nível federal, estadual e municipal. Quando a lei federal e os estados são responsáveis pela regulamentação de um assunto, a lei federal é obrigada a criar conceitos e diretrizes gerais, enquanto o estado será responsável por regulamentar os detalhes mais finos.

O poder executivo do governo pode liberar decretos que são fornecidos por lei. As autoridades governamentais também podem emitir regras administrativas para controlar mais detalhes sob a sua jurisdição.

  • Escolha da Entidade

O Brasil é geralmente acolhedor de investimentos estrangeiros diretos. No entanto, há certos setores considerados estratégicos pela Constituição Federal que estão limitados aos nacionais do Brasil ou sujeitos a autorização governamental adicional. Alguns dos setores da indústria que podem estar restritos a investidores estrangeiros são os seguintes:

  • Instituições financeiras
  • Serviços postais
  • Energia Nuclear
  • Imóveis rurais
  • Segurança privada e transporte
  • Fronteiras internacionais e adjacências
  • Cabotagem ou o transporte de cidadãos estrangeiros e mercadorias dentro das fronteiras do Brasil por um avião de propriedade estrangeira

Nos termos da Lei 13.097 de 19 de janeiro de 2015, que modificou a Lei 8.080/1990, empresas estrangeiras podem ser autorizadas em certos nichos de saúde. Provisão A Medida 863 de 13 de Dezembro de 2012 permite até 100% de investimento estrangeiro em companhias aéreas que operam ao abrigo de contratos de concessão de voos domésticos.

Por regra, os investimentos estrangeiros diretos devem ser registrados junto ao Banco Central do Brasil. Para investimentos estrangeiros no mercado de valores mobiliários, as entidades estrangeiras devem estar totalmente registradas junto à Comissão de Valores Mobiliários brasileira. Além disso, os investidores estrangeiros devem completar a inscrição no cadastro de contribuintes da Receita Federal do Brasil ao indicar representantes residentes no Brasil.

Para investidores estrangeiros, as formas jurídicas mais comuns quando se faz negócios são através de uma subsidiária incorporada ou de uma sociedade de responsabilidade limitada. Segue abaixo uma visão geral de todas as formas jurídicas gerais de negócios que as pessoas jurídicas estrangeiras podem escolher ao estabelecerem um negócio no Brasil:

  1. Limitada ou Sociedade de Responsabilidade Limitada

A sociedade de responsabilidade limitada no Brasil é muito parecida com a dos Estados Unidos. Um dos pontos principais ao considerar uma SRL é as suas limitações que dizem respeito às responsabilidades assumidas por cada accionista. Por regra, a responsabilidade de cada acionista é limitada apenas ao montante do seu capital social. Apesar disso, é importante notar que todos os acionistas da LLC serão considerados responsáveis pelo pagamento de seu capital social inicial.

  • Nenhum capital mínimo ou máximo, a menos que uma entidade esteja envolvida em atividades comerciais ou contrate estrangeiros como diretores e gerentes.
  • Uma LLC fundada nos Estatutos da Associação precisa ser registrada na Junta de Comércio.
  • São exigidos pelo menos dois acionistas sem exigência de porcentagem mínima ou máxima de juros.
  • As pessoas jurídicas estrangeiras devem ser representadas por um residente no Brasil ou nacional.
  • LLCs não podem ser registradas ou vender ações na bolsa de valores.
  • Um membro da LLC não pode vender suas ações sem a aprovação total dos outros acionistas.
  1. Sociedad Anonima ou Limited Liability Corporation

A sociedade de responsabilidade limitada do país é regulada por uma lei específica e assemelha-se muito às corporações C dos EUA. As empresas estrangeiras que escolhem esta forma legal podem emitir diferentes tipos de ações. A responsabilidade de um acionista é limitada à porcentagem de ações a que ele ou ela prescreveu. É imperativo que pessoas jurídicas estrangeiras selecionem um representante legal da empresa para formar uma sociedade anônima no Brasil. Uma sociedade de responsabilidade limitada é ideal para empresas maiores que procuram angariar fundos do público em geral.

  • Pelo menos dois acionistas, pessoas físicas ou jurídicas, para formar uma sociedade anônima de responsabilidade limitada.
  • Podem vir sob a forma de valores mobiliários negociados publicamente ou fechados, o que significa que os valores mobiliários e as acções serão disponibilizados ao público em geral.
  • Um mínimo de 10% das ações de capital deve ser depositado no banco para completar a incorporação.
  • Pelo menos 5% do lucro líquido anual deve ser destinado à reserva legal até que esta atinja com sucesso 20% do capital.
  • Os acionistas majoritários têm controle total, enquanto os acionistas minoritários podem assumir o controle caso outros acionistas não estejam presentes durante as assembléias gerais.
  • Obrigatória a apresentação das demonstrações financeiras no registo comercial local e a sua publicação no Diário da República e num grande jornal privado.
  • Requerido para formar seu próprio Conselho de Administração composto por residentes fiscais no Brasil ou portadores de visto permanente, bem como um conselho administrativo que pode incluir estrangeiros.
  1. Parceria Silenciosa ou SCP

As parcerias silenciosas são consideradas organizações não constituídas em sociedade, constituídas por dois ou mais membros que participam em operações comerciais, financeiras e comerciais, assim como dividem os lucros entre si. Em essência, as parcerias silenciosas são tipicamente utilizadas para iniciativas imobiliárias, projetos de reflorestamento e pooling de hotéis. As parcerias silenciosas têm um tempo de vida limitado, o que significa que a empresa deve, uma vez que as operações tenham sido cumpridas.

  • Pelo menos um membro será considerado responsável pela gestão e operações da empresa. Este sócio ostensivo será responsável por qualquer responsabilidade perante terceiros.
  • Os outros sócios, também designados por sócios comanditários, só serão responsáveis perante o sócio ostensivo em relação às obrigações perante terceiros. A sua responsabilidade é restrita à quantidade do parceiro ostensivo.
  • De acordo com a legislação fiscal brasileira, as participações passivas são semelhantes a pessoas jurídicas para fins de imposto de renda.
  1. Consórcio

Este é um encontro coletivo de empresas e corporações com o único propósito de conduzir uma operação ou atividade limitada. Os consórcios se enquadram na categoria de entidades não constituídas em sociedade, onde dois ou mais membros podem participar de negócios, finanças e empreendimentos comerciais, assim como compartilhar lucros dentro de si mesmos.

  • A responsabilidade conjunta dos sócios não é considerada, uma vez que cada sócio será responsabilizado pelas suas próprias obrigações, de acordo com o acordo de consórcio.
  • Um acordo de consórcio definirá claramente o papel organizacional de cada consórcio enquanto identifica as obrigações e direitos de cada parceiro.
  • Um acordo de consórcio deve conter todos os seguintes elementos: missão do consórcio, empresas membros do consórcio, duração, endereço e jurisdição, obrigações e responsabilidades de cada parceiro.
  • O acordo de consórcio precisa ser arquivado na Junta de Comércio local com sede na mesma jurisdição de seu escritório principal. Como um consórcio não é considerado uma entidade empresarial, não é considerado como um contribuinte.
  1. Entidade de Responsabilidade Limitada de Titular Único
  • Esta é a forma jurídica mais comum utilizada pelos empresários individuais.
  • O capital realizado deve ser igual a um mínimo de 100 vezes o salário mínimo atual.
  • A responsabilidade de cada acionista será limitada apenas ao valor total de suas ações.
  • Todos os acionistas serão considerados responsáveis pelo pagamento do capital social.
  • Somente indivíduos podem ser acionistas, sendo que cada indivíduo só pode incorporar um EIRELI.
  • Somente cidadãos brasileiros e estrangeiros com residência permanente estão autorizados a formar uma Entidade de Responsabilidade Limitada de Titular Único.
  1. Sucursal de uma Corporação Estrangeira

Pessoas jurídicas, tais como empresas, podem optar por estabelecer uma filial no Brasil. Isto é mais desafiador, pois normalmente leva seis meses para ser concluído e os custos associados são maiores do que os de outras formas legais.

  • A filial precisa operar sob o mesmo nome no Brasil que a de seu país de origem.
  • Requerido para ter um representante legal permanente da empresa com sede no Brasil.
  • A sociedade principal deve provar sua existência legal, apresentando cópias de seu estatuto social, lista de acionistas, último balanço patrimonial e uma deliberação de abertura legal de filial no Brasil.
  • Uma certa quantia de capital da corporação deve ser alocada para a filial no Brasil.
  • Todos os documentos que devem ser apresentados devem ser oficialmente traduzidos e autenticados e certificados pelo consulado brasileiro.
  • A remessa de lucros está isenta de retenção de imposto na fonte.
  • As empresas estrangeiras são obrigadas a adquirir uma autorização especial para abrir uma filial da empresa. A autorização será emitida pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio.
  • Uma sucursal estrangeira só pode iniciar as operações quando estiver totalmente registada, com a sua autorização e todas as provas documentais forem publicadas no Diario Oficial e num jornal local.
BANQUEAMENTO

Existe uma ampla gama de serviços de crédito e financeiros que estão disponíveis a partir de uma ampla rede bancária e financeira no Brasil. O negócio bancário e financeiro é regulado pelo Banco Central, enquanto outros bancos e outras instituições financeiras estão sob estrita supervisão governamental em relação às suas actividades contabilísticas e operações gerais.

  • Os bancos de investimento oferecem serviços valiosos a investidores estrangeiros que procuram adquirir financiamentos a médio e longo prazo.
  • Com a ajuda de um banco de investimento, os investidores estrangeiros podem obter financiamento de longo prazo através da venda de ações ou obrigações de dívida no mercado público ou colocação privada, e operações de fusões e aquisições.
  • Geralmente não há restrições impostas ao acesso de empresas de propriedade estrangeira ao financiamento do setor privado local no Brasil.
  • As pessoas jurídicas estrangeiras podem investir em títulos públicos e em empresas cotadas.
  • Os investidores estrangeiros têm acesso ao mercado de valores mobiliários brasileiro através de fundos de investimento brasileiros registrados.
IMMIGRAÇÃO

O Ministério do Trabalho brasileiro publicou uma resolução que tornou mais rigorosos os requisitos de investimento para a obtenção de visto permanente para investidores estrangeiros.

  • Os investidores estrangeiros que procuram obter um visto permanente no Brasil devem investir pelo menos 500.000 Reais ou 130.000 USD para obterem o visto.
  • O Ministério do Trabalho brasileiro pode aceitar investimentos menores, como 150 reais em alguns casos especiais em que os investimentos são para empresas de tecnologia incluídas nos incentivos do governo para start-ups.
  • Se um cotista estrangeiro obtiver um visto de residente, o cotista pode ser nomeado gerente de uma Sociedade de Responsabilidade Limitada.
  • Visto Temporário

Um visto temporário é recomendado para profissionais com (i) contratos de trabalho válidos com uma empresa brasileira (ii) sob assistência técnica ou acordos de transferência de tecnologia sem uma relação formal de emprego com uma empresa brasileira.

  • Leis, Contratos e Autorizações

As relações de trabalho são reguladas pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), pelo Decreto-Lei 5.452 e pela Constituição Brasileira. A CLT e outras leis específicas são aplicáveis tanto a funcionários brasileiros como a estrangeiros que trabalham no Brasil.

  • Um contrato de trabalho escrito não é necessariamente imperativo nos termos da lei, exceto no caso de contatos intermitentes e sempre que certas cláusulas são negociadas.
  • As condições básicas de emprego devem ser registradas sob as autoridades fiscais brasileiras para coletar informações trabalhistas, previdenciárias e fiscais relativas a empregados e contratados independentes.
  • Os contratos de trabalho escritos são recomendados porque ajudam a estabelecer as condições de trabalho de um empregado.
  • Um contrato escrito deve incluir o seguinte: (1) tipo de contrato, seja ele definitivo, indefinido ou intermitente (2) duração do contrato e motivo do emprego (3) local onde se espera que o empregado trabalhe e possibilidades de transferência, caso seu trabalho o considere necessário (4) posição do empregado (5) salário (6) possibilidade de dedução do salário como resultado de danos que ele ou ela possa incorrer para o empregador.
  • Os acordos de negociação colectiva aplicam-se aos contratos de trabalho e prevalecem sobre os acordos contratuais. Os termos da negociação coletiva devem ser mais benéficos para o empregado do que um acordo contratual.
REGIME FISCAL

A Constituição Federal brasileira estabelece os princípios gerais de tributação, limitações de poder tributário, competências tributárias em diferentes níveis de governo, disposições sobre compartilhamento de receitas tributárias.

  • Cada estado e município têm seus próprios poderes discricionários para promulgar leis e regulamentos na cobrança de impostos.
  • A Receita Federal do Brasil (IRS) administra o sistema tributário federal, incluindo as contribuições previdenciárias e os impostos aduaneiros.
  • Os impostos brasileiros são auto-avaliados e as declarações de impostos são arquivadas no local de residência do contribuinte.
  • O Brasil apresenta uma carga tributária pesada, uma legislação complexa e dinâmica, mas com um sistema de cobrança ágil e eficiente.
  • O não cumprimento das obrigações fiscais pode resultar em penalidades íngremes.
  • A avaliação fiscal emitida pelas autoridades fiscais inclui uma multa de 75% sobre o montante principal da dívida tributária não paga.
  • Para casos que envolvam fraude, má conduta deliberada ou simulação, será aplicada uma multa agravada de 150% sobre o montante principal da dívida tributária não paga.
  1. Imposto retido na fonte
  • Os pagamentos de juros feitos por uma empresa brasileira residente a uma empresa não residente estão sujeitos a retenção na fonte à taxa de 15%, independentemente de a transação estar ou não em condições de mercado.
  • A taxa do imposto retido na fonte é de 25% se o beneficiário dos juros estiver numa jurisdição de baixa tributação.
  • O imposto retido na fonte pode ser reduzido no crédito da primavera fiscal ao abrigo de uma convenção para evitar a dupla tributação aplicável.
  • As remessas ao exterior para pagamento de serviços são tributadas com 15 ou 25% de imposto retido na fonte, quer o serviço tenha sido prestado no Brasil, quer a empresa estrangeira de serviços não tenha domicílio permanente no Brasil.
  • Os serviços não técnicos estão sujeitos a 25% de retenção na fonte.
  • Os serviços técnicos estão sujeitos a 15% de imposto.
  • A remessa de royalties do estrangeiro está sujeita à retenção de 15% de imposto na fonte.
  • A remessa de taxas de serviços técnicos ao exterior está sujeita a outros impostos devidos no nível da empresa brasileira pagadora, incluindo Imposto Municipal de Serviços em 2% a 5%, Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico em 10%, Imposto de Importação em 9,25%, e Taxa de Câmbio em 0,38%.
  • Os empregados brasileiros estão sujeitos à retenção na fonte de 7,5% a 27,5%, dependendo da remuneração mensal, a qual deve ser retida pelo empregador em um cronograma mensal.
  1. Capitalização fina
  • Uma subsidiária brasileira financiada com dívidas estará sujeita a regras de subcapitalização.
  • O rácio de endividamento é reduzido para 0,3 para 1 caso o beneficiário dos juros seja residente numa jurisdição de baixa tributação ou tenha direito a um regime fiscal privilegiado. Se a dívida exceder esta ração, haverá uma negação proporcional da dedução de juros para fins de imposto sobre o rendimento das pessoas colectivas.
  1. Regras de determinação do preço de transferência
  • Como o Brasil não é membro da OCDE, suas regras de preços de transferência não estão de acordo com as normas internacionais ou com as Diretrizes de Preços de Transferência da OCDE.
  • As regras são baseadas em margens de lucro estatutárias fixas.
  • A abordagem de cesta básica não é autorizada, portanto as transações sujeitas às regras brasileiras de preços de transferência devem ser documentadas e reportadas anualmente através de declarações de imposto de renda corporativo detalhando as transações de importação e exportação entre empresas.
  • Os juros pagos a partes relacionadas ou residentes em jurisdições de baixa tributação são calculados de acordo com as regras brasileiras de preços de transferência.
  • O montante máximo dedutível dependerá da moeda do empréstimo e do tipo de juros, se flutuantes ou fixos. Por exemplo, os credores do EUR ou do Reino Unido estarão sujeitos a juros dedutíveis limitados à London Interbank Offered Rate a seis meses mais um spread fixo de 3,5%. Para empréstimos concedidos em USD a taxa fixa, os critérios são a taxa de mercado dos títulos soberanos emitidos pelo governo, acrescida de um spread fixo de 3,5%.
  • A taxa mínima de juros é aplicável no caso de o credor ser uma entidade brasileira. Neste caso, o spread aplicável é de 2,5%.
  1. Imposto de Selo
  • O influxo de fundos a longo prazo (IOF) está sujeito à taxa de 0%, desde que os prazos de reembolso sejam superiores a 180 dias. Empréstimo parcialmente reembolsado ou liquidado antecipadamente, o valor principal estará sujeito ao IOF à taxa de 6% mais 20% de multa.
  • Os empréstimos de curto prazo são avaliados do IOF a 6% sobre a conversão da moeda estrangeira em real.
  1. Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Colectivas
  • O imposto de renda corporativo é de 34%. Outros impostos aplicam-se a negócios específicos, incluindo companhias de seguros e instituições financeiras que estão sujeitas a 45% de imposto sobre o rendimento das sociedades.
  • A legislação brasileira prevê incentivos fiscais federais para empresas estabelecidas em determinadas áreas, como as localizadas no norte e nordeste do Brasil, e na forma de redução da alíquota do imposto de renda de pessoa jurídica.

Sistemas de Tributação do Rendimento das Pessoas Colectivas

  • Método do lucro real

Regra geral do imposto sobre o rendimento das pessoas colectivas quando a base tributável é determinada através da aplicação de ajustamentos definidos por lei aos rendimentos contabilizados do contribuinte. Os contribuintes estão autorizados a compensar prejuízos fiscais até 30% do lucro tributável por ano fiscal.

  • Método do Lucro Presumido

Opcional para uma empresa brasileira, uma vez que não é exigida por lei a adoção do Método do Lucro Real. A receita bruta anual de um contribuinte não deve exceder 78 milhões de Reais no ano anterior. As despesas não são contabilizadas na determinação do lucro tributável de uma empresa e as perdas fiscais não podem ser compensadas sob este sistema.

  • Método do lucro arbitrado

Similar ao Método do Lucro Presumido, mas com margens de lucro presumido mais altas ou com um aumento de 20%. Mais comumente usado pelas autoridades fiscais se não houver informações contábeis confiáveis.

  • Regime Fiscal Simplificado

Regime fiscal favorável aplicado às micro e pequenas empresas. Permite o pagamento de um imposto que substitui seis impostos federais diferentes, incluindo imposto de renda de pessoa jurídica, contribuição social federal, contribuição social líquida, contribuição mensal da assistência social federal, imposto sobre produtos industrializados e imposto previdenciário, imposto estadual e imposto municipal. As taxas de impostos variam entre 4% e 33%, dependendo da actividade e dimensão da empresa. O Regime Fiscal Simplificado não é aplicável a empresas com mais de 4,8 milhões de reais de receita bruta e a certos negócios, incluindo empresas detidas por accionistas estrangeiros.

  1. Ganhos de Capital
  • As empresas locais brasileiras e subsidiárias de empresas estrangeiras são obrigadas a incluir ganhos de capital no seu lucro tributável.
  • As mais-valias tributáveis serão tributadas da mesma forma que o rendimento ordinário. As perdas contabilísticas do exercício corrente podem ser utilizadas para compensar as mais-valias tributáveis acumuladas no mesmo exercício fiscal.
  • Os investidores estrangeiros estão sujeitos à retenção de imposto de renda na fonte sobre ganhos de capital decorrentes da alienação de ativos brasileiros, cobrados a taxas entre 15% e 22,5%.
  • Tratados de Dupla Tributação feitos pelo Brasil com outros países estão autorizados a sofrer tributação concorrente pelos países contratantes; portanto, não podem evitar a tributação de ganhos de capital sobre ativos, incluindo obrigações, ações e títulos.
  1. Imposto de Ramo

O Brasil não impõe um imposto de sucursal. Uma filial registrada por uma empresa estrangeira no Brasil será tratada como uma entidade separada, estando, portanto, sujeita à tributação como uma subsidiária brasileira independente.

  1. Declaração de Imposto de Renda

As empresas estrangeiras são obrigadas a apresentar uma declaração anual de imposto sobre o rendimento das sociedades. Todos os contribuintes precisam de reportar todas as transacções que tenham impacto no seu imposto de renda corporativo, incluindo detalhes contabilísticos, ajustes de preços de transferência e informações do relatório país por país. O imposto de renda de pessoa jurídica deve ser arquivado em formato eletrônico e transmitido às autoridades fiscais brasileiras até o final do mês de julho seguinte ao ano fiscal encerrado em 31 de dezembro.

  1. Instrumento Multilateral

Embora o Brasil não tenha assinado a Convenção Multilateral para implementar medidas relacionadas a tratados fiscais para evitar a erosão da base e a transferência de lucros, a maioria dos DTTS são renegociados pelo Brasil mostrando um claro alinhamento com os projetos de erosão da base e transferência de lucros.

  1. Cuba de Estado

O imposto estatal é cobrado sobre as transações que implicam a transferência legal de mercadorias e mercadorias importadas. O IVA estatal varia em função do estado e da natureza dos bens e serviços.

  • No estado de São Poulo, a taxa de IVA estadual é de 18%. As transacções interestatais estão sujeitas a IVA estatal entre 7% e 12%.
  • O IVA estatal sobre bens com mais de 40% de conteúdo estrangeiro é de 4%. As operações de exportação estão isentas de IVA do Estado.
  1. Contribuição para a Intervenção no Domínio Económico (CIDE)

Os royalties da CIDE são contribuições federais cobradas a 10% sobre os valores pagos, entregues, investidos, creditados, remetidos a pessoas físicas ou domiciliadas no exterior por entidades brasileiras detentoras de licença de uso de conhecimento tecnológico no exterior.

O CIDE é cobrado em pagamentos a não residentes para royalties, transferências de tecnologia e licenças de software.

  1. Imposto Municipal

É cobrado em uma receita bruta de serviços à taxa de 2% a 5%. O imposto municipal é um imposto cumulativo e, portanto, não há um sistema de crédito disponível. Também é avaliado em serviços prestados por um fornecedor estrangeiro em benefício de uma empresa brasileira local.

  1. Imposto predial e de transmissão

Trata-se de um imposto estatal sobre herança, doações, doação e sucessão, aplicável à transferência de bens imóveis e outros bens que não envolvam pagamento ou outra forma de compensação. O imposto predial e o imposto de transmissão variam no Estado, mas situam-se entre 2% e 8%.

  1. Imposto Estadual sobre a Propriedade de Veículos

Imposto estatal sobre a propriedade de veículos, com taxas variáveis em cada estado. Por exemplo, no Estado de São Paulo, o imposto estadual sobre a propriedade de veículos corresponde geralmente a 1,5% a 4% do valor apurado do veículo.

  1. Imposto Municipal sobre a Propriedade de Terrenos Urbanos

Este é um imposto municipal aplicado sobre o controle, propriedade e posse de terrenos ou edifícios urbanos. O cálculo varia em cada município. Por exemplo, em São Paulo, o imposto municipal sobre a propriedade de terrenos urbanos varia entre 1% e 1,8% do valor de mercado do imóvel avaliado pelo município.

  1. Imposto Municipal sobre Transmissões Onerosas de Imóveis

Imposto Municipal sobre a cessão, compra e venda de imóveis e direitos conexos, desde que a transação não seja considerada uma doação. As tarifas variam de acordo com a cidade, com a avaliação de São Paulo a 3%.

  • Tratados de Dupla Tributação e Totalização

O Brasil concorda em tratados com outros países para evitar a dupla tributação das empresas. É necessário recorrer a tratados de dupla tributação para fomentar os negócios, fazer crescer a economia e ter sucesso no comércio internacional. Os créditos fiscais estão disponíveis em relação ao imposto de renda pago a países com os quais o Brasil finalizou tratados tributários ou com países que tornariam recíproco o tratamento do imposto de renda pago ao governo brasileiro, desde que os requisitos sejam cumpridos.

  • A isenção ou redução de impostos está disponível em relação a dividendos, juros, ganhos de capital, royalties e transações realizadas entre as partes associadas ao Tratado de Prevenção da Dupla Tributação.
  • O Brasil é um país signatário para a prevenção da dupla tributação com países, incluindo Áustria, Austrália, Bélgica, Canadá, Chile, China, República Checa, Dinamarca, Equador, Finlândia, França, Hungria, Índia, Israel, Itália, Japão, Luxemburgo, México, Holanda, Noruega, Peru, Filipinas, Portugal, Rússia, Singapura, República Eslovaca, África do Sul, Coreia do Sul, Espanha, Suécia, Suíça, Trinidad e Tobago, Turquia, Ucrânia, Emirados Árabes Unidos e Venezuela.
  • Para as transações entre os Estados Unidos, Reino Unido e Alemanha, as autoridades brasileiras reconhecem a reciprocidade de tratamento fiscal que permite a compensação do imposto pago nesses países com o imposto devido ao Brasil.
  • Os tratados de dupla tributação estão sujeitos a restrições fiscais por parte dos condados contratantes para minimizar ou eliminar totalmente a possibilidade de tributação e proporcionar segurança para a actividade em geral.
  • Para as pessoas jurídicas estrangeiras que fazem negócios no Brasil, é imperativo obter os serviços de uma ou mais instituições para assumir como representantes legais ou fiscais no país. Os representantes legais são responsáveis por submeter todas as informações pertinentes às autoridades brasileiras, incluindo o Banco Central do Brasil, a Comissão de Valores Mobiliários e a Secretaria da Receita Federal.

 

PATRIMÔNIO INTELECTUAL

O Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) é a autoridade governamental que administra o registro de patentes, marcas, indicações geográficas e desenhos industriais. Os pedidos podem ser apresentados através do site do INPI.

Marcas

  • Uma marca brasileira deve ser visualmente perceptível e distintiva, sinal original não proibido por lei.
  • A marca registrada pode ser uma combinação de letras, palavras, desenhos, números, marcas 3D, forma ou embalagem de mercadorias sem efeito funcional ou técnico.
  • Após exame preliminar pelo INPI, as marcas são publicadas no Diário da Propriedade Industrial e ficam abertas ao escrutínio ou oposição das partes interessadas durante dois meses. Após dois meses de exame substantivo, a marca é finalmente concedida.
  • O prazo de proteção de uma marca é de 10 anos a partir da data de concessão. A proteção pode ser renovada indefinidamente a cada 10 anos.
  • A marca Brasil só permite o registro em uma classe de produtos ou serviços. Marca Tp para múltiplas classes, é necessário apresentar um pedido separado para cada classe.
  • Não há necessidade de apresentar prova de uso ao registrar uma marca.
  • O Brasil segue um sistema de primeira a ser arquivado para direitos de marca.
  • O Brasil oferece proteção a marcas conhecidas.
  • O país aplica o Sistema de Classificação de Nice para determinar bens e serviços de acordo com as categorias acordadas.
  • Os requerentes podem registrar direitos de marca em outros idiomas aceitáveis, além do português.

Patentes

  • Em essência, uma patente é um direito legal de impedir que outras partes usem ou obtenham lucros com a sua invenção.
  • Dois tipos de patentes no Brasil, incluem invenções inovadoras que envolvem uma etapa inventiva e são capazes de aplicação industrial e modelos de utilidade semelhantes às patentes de invenções. Estas patentes são concedidas a objetos de uso prático que podem ser usados para aplicações industriais.
  • Taxas de patentes reduzidas ou com desconto para pessoas físicas, pequenas empresas e organizações sem fins lucrativos.
  • O pedido de patente pode ser apresentado diretamente ao INPI ou através do Tratado de Cooperação em Matéria de Patentes.
  • O pedido de patente deve ser apresentado antes de qualquer divulgação pública do assunto, já que o anúncio público coloca uma invenção no domínio público.
  • O Brasil prevê um período de carência de 12 meses para a divulgação pública de uma invenção em casos especiais.
  • A Lei de Patentes do Brasil tem uma licença obrigatória, na qual qualquer indivíduo com capacidade econômica e técnica para realizar uma utilização eficiente pode depositar um pedido de patente para ter uma licença concedida a eles.

Desenho industrial

  • Industrial refere-se à aparência de um produto em particular, a estética como forma, conjunto de linhas e cores relacionadas a um produto, dado que proporciona uma estética visual nova e única que pode ser produzida industrialmente.
  • O prazo de proteção dura 10 anos a partir da data do depósito. A renovação da proteção ocorre a cada cinco anos por um período máximo de 25 anos a partir da data de arquivamento.
  • Os inventores que lançam publicamente seu projeto têm 180 dias a partir do lançamento para se registrarem. Após o período de carência, o desenho ou modelo industrial entra em domínio público e não pode mais ser protegido.
  • A proteção do desenho industrial é facilitada pelo INPI.
  • A novidade e a singularidade do design não são avaliadas antes do registro. O exame é realizado após a concessão do registro.
  • Os requerentes estrangeiros devem ser representados por um advogado ou agente de patentes brasileiro.

Direitos Autorais

  • Copyright refere-se ao direito legal exclusivo de comunicar, produzir, reproduzir ou publicar uma obra literária, artística falada, textual dramática, audiovisual, musical, modelo, adaptação literária, obra de complicação e programa de computador original.
  • Dois tipos de direitos autorais no Brasil são os direitos patrimoniais e os direitos morais.
  • A autoridade de registo principal é o Gabinete de Direitos de Autor da Biblioteca Nacional.
  • Os direitos autorais são automáticos e não requerem registro formal. O registo voluntário é possível para ajudar a estabelecer uma data prioritária de criação e o método de arquivamento, dependendo do tipo de trabalho.
  • O prazo de proteção dos direitos autorais no Brasil dura toda a vida do autor mais 70 anos após a data do autor. Os direitos são herdados pelos sucessores do autor.

Aplicação da PI

  • A aplicação da lei é administrada país por país. É imperativo monitorar o mercado brasileiro para qualquer uso não autorizado da propriedade intelectual.
  • O Departamento da Receita Federal do Brasil pode ajudar na aplicação de seus direitos de PI no Brasil. Eles ajudam a evitar a entrada de mercadorias falsas no país.
  • Se seus direitos de PI estão sendo violados no Brasil, é altamente recomendável consultar um advogado ou especialista em PI para discutir o melhor curso de ação.
  • Os direitos de PI podem ser levados aos tribunais estaduais, a menos que uma agência federal seja o infrator acusado, caso em que o caso será levado ao tribunal federal.
  • Métodos alternativos de disputa para resolver questões de PI podem ser feitos através de arbitragem e mediação. Estes métodos são menos estressantes, mais baratos e centrados em chegar a um acordo.
TRABALHO E EMPREGO
As paisagens de trabalho e emprego no Brasil são semelhantes em muitos aspectos em outros mercados regionais.

  • Operações de curto prazo ou que necessitem apenas de alguns funcionários, a obtenção dos serviços de uma organização profissional de empregadores (PEO) é uma opção alternativa. As OPE permitem aos investidores evitar a formação e liquidação de empresas. Esta estrutura também garante o cumprimento das leis laborais vigentes.
  • O horário normal de trabalho, de acordo com a lei, é de oito horas, enquanto uma semana de trabalho não deve ser superior a 44 horas, com um mês de trabalho não superior a 220 horas.
  • Horas extras são permitidas, mas limitadas a apenas duas horas por dia.
     
    Tipos de Contrato de Trabalho
    A natureza do emprego será baseada no tipo de emprego para o qual um indivíduo é contratado.

    1. Contrato de trabalho por tempo indeterminado
    Nenhum período de trabalho é estabelecido. Caso o empregador rescinda o contrato, o empregado terá direito a receber uma indenização equivalente a três meses de salário.

    2. Contrato de trabalho a termo certo
    Prazo do contrato até dois anos e aplicável sob as seguintes condições, (i) a natureza do serviço justifica o período de emprego pré-determinado, (ii) atividade comercial temporária, (iii) acordos de liberdade condicional.

    3. Contrato de trabalho temporário
    O termo de contrato só pode ser usado para certos tipos de funções de emprego. Exemplos incluem trabalhadores sazonais, cobertura para licença de maternidade e outros tipos de períodos de licença prolongada.

    4. Contrato de trabalho intermitente
    Este contrato de trabalho é previsto para trabalhos que envolvam horário de trabalho ad-hoc ou irregular, em que os empregados são pagos à hora, de acordo com as necessidades dos respectivos empregadores.

Benefícios de Emprego, Férias, Licenças e Ausências ao abrigo da legislação brasileira

  • Após doze meses de trabalho para a mesma empresa, um empregado tem direito a 30 dias de férias durante o ano seguinte.
  • As férias podem ser divididas em três períodos separados de férias, conforme aprovado pelo empregador.
  • Um período de férias deve durar pelo menos 14 dias seguidos, enquanto outros devem durar pelo menos cinco dias de calendário. Estas folhas são pagas a uma taxa elevada igual ao salário normal, mais um terço do salário.
  • Os empregadores são obrigados a pagar até 14 dias de licença por doença, desde que o empregado receba a certificação e autorização de um médico registrado. Após 14 dias de licença por doença paga, os dias restantes serão pagos pelo Instituto Nacional de Segurança Social, até dois anos.
  • Licença de maternidade e paternidade até quatro meses ou 120 dias. Isto pode ser estendido para 180 dias e pago pelo INSS. A paternidade pode ser prolongada por mais 20 dias.
  • Licença de luto paga em caso de morte dos pais, irmãos, cônjuge ou filho de um empregado. As folhas de luto em cada caso podem durar até dois dias.
  • Um empregado tem direito a três dias de licença remunerada quando se casa.
  • Os funcionários têm direito a tirar um dia de licença remunerada a cada 12 meses para doação de sangue, mas devem apresentar provas de que fizeram a doação.
  • A dedução do imposto de renda varia entre 0% e 27,5% com base no salário, sendo a faixa mais alta qualquer salário acima de $885. As deduções da segurança social variam entre 7,5% e 14%.
  • Os empregadores são obrigados a fazer uma contribuição para o INSS equivalente a 26,8% do salário de um empregado, e 8% para o fundo de indenização do governo.

Damalion assiste entidades jurídicas estrangeiras em
criação de uma empresa no Brasil
. Temos o conhecimento e a experiência que nos permite orientar os clientes durante a atividade meticulosa de construção de uma empresa no Brasil. Nossos especialistas em Damalion são altamente qualificados em fornecer várias soluções integrais de negócios, incluindo conformidade, gestão de entidades, contabilidade, impostos, suporte à folha de pagamento e muito mais nos principais estados do Brasil.

Se você deseja saber mais sobre nossos serviços e como podemos ajudá-lo a fazer de sua empresa brasileira um sucesso, entre em contato conosco hoje mesmo.

Contacte-nos agora para registar a sua empresa no Brasil

O nosso Damalion Brazil Desk irá responder-lhe em breve. Por favor, preencha este formulário para descrever a sua necessidade

11 + 14 =

Quer saber mais sobre a Damalion Brasil Desk?

Damalion lhe oferece conselhos personalizados fornecidos por especialistas diretamente operacionais nas áreas que desafiam seu negócio.

Aconselhamos que você dê informações no seu melhor, para que possamos qualificar sua demanda e reverter para você nas próximas 8 horas.